7 de novembro de 2012

Sobre mim...a vida...um susto!

     Quando comecei o blog pensava em trazer apenas coisas boas, afinal é um blog de artesanato. Admiro quem consegue separar o pessoal do profissional. Comigo é diferente, sempre acabo misturando. Há dias eu queria vir aqui contar à vocês sobre momentos tristes e preocupantes por que passei e estes momentos me fizeram pensar  muito sobre como ando administrando meu tempo.
     Senta que o post é grande! No mês de agosto acordei e fui escovar os dentes, percebi que minhas mãos tremiam, estranhei mas continuei a fazer tudo normalmente. Nos dias seguintes este tremor não diminuía e percebi que uma perna também estava tremendo e depois a outra. Este tremor não era visível por outras pessoas, eu apenas sentia ao movimentar braços e pernas para pegar um objeto, subir e descer escadas. Resolvi marcar uma consulta com neurologista e até que o dia chegasse eu passava os dias tentando achar uma explicação para o que acontecia.  Meu marido achava que era cansaço, muito trabalho, mas eu sabia, eu sentia que não era tão simples.     Erroneamente comecei a pesquisar no google todos os meus sintomas e estas pesquisas me levaram à duas doenças: Esclerose Múltipla e Esclerose Lateral Amiotrófica. Entrei em pânico! Perdi o chão, chorava, cheguei a passar duas noites sem dormir! Olhava para meus filhos e já previa um futuro triste, onde eu não poderia vê-los crescer. Por mais que meu marido, algumas pessoas da minha família tentavam me tranquilizar eu não deixava de pensar um minuto sequer sobre estas doenças. E quanto mais eu pesquisava, mais entrava em desespero. Não contei para minha mãe e era tão angustiante não poder contar com ela naquele momento! Em onze dias emagreci 2kg. Eu queria ficar só, deitada, só me levantava para fazer a comida e fazer os meus trabalhos em feltro pois meus clientes não tinham nada haver com meus problemas e estavam esperando por suas encomendas. Tentei o mais que pude, deixar tudo transcorrer normalmente no blog, na fan page. Foi difícil! Muito sofrido! Meu marido tomou as rédeas da casa, assumiu praticamente todos os meus afazeres e cada dia fui ficando mais apática. Às vezes eu fazia um tremendo esforço para poder sair de casa por causa das crianças, quem sem saberem mas... sentindo, começaram a ser mais atenciosas comigo.
     Neste tempo tantas reflexões, tantas culpas! A gente nunca se dá uns minutos para pensar como estamos administrando nosso tempo. A correria da vida se tornou normal prá todo mundo, um sábado trabalhando aqui, um domingo alí, encomendas por terminar nas madrugadas, casa para cuidar em vez de tirar um tempo para os filhos. Isso tudo vinha como um turbilhão na minha cabeça. E se eu tivesse uma doença que me daria poucos anos ou meses de vida? O que eu fiz do meu tempo? O que eu fiz do tempo que o meu marido e os meus filhos dedicaram a mim e que eu desperdicei por ter que trabalhar? E as tantas vezes que reclamei de coisas tão fúteis! A vida estava cara a cara comigo, como um espelho, refletindo tudo o que fiz! Quando pesquisei sobre estas duas doenças me deparei com muito sofrimento, tristeza, revolta! Decidi que sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica não queria saber mais nada, pois não havia nada a fazer se eu estivesse com esta doença, então parti para pesquisas sobre a Esclerose Múltipla. Encontrei vários blogs, um que me chamou mais a atenção Esclerose Múltipla e Eu - quem escreve é a Bruna, ela conta sobre sua vida convivendo com a esclerose desde os 14 anos. E enquanto o dia da minha consulta não chegava fui me aprofundando no assunto. Aí você me pergunta: prá quê tanto sofrimento se você nem sabia o diagnóstico?? Resposta: Não sei! Eu sou assim, sofro por antecedência!  Descobri que a esclerose múltipla é uma doença inflamatória, autoimune, que afeta a capacidade das células nervosas do cérebro e da medula se comunicarem entre si. E entre tanta leitura soube de um médico, Dr. Cícero Galli Coimbra, neurologista que trata de seus pacientes portadores da EM com vitamina D. E esta parte amigos, foi mais um motivo para que eu resolvesse falar sobre tudo isso!  A importância da vitamina D para o nosso organismo! Após estudos descobriu-se que os portadores de EM  tem baixo nível de vitamina D e dificuldade para sintetizar a mesma. Assistam o vídeo da entrevista do Dr. Cícero no Sem Censura. Saibam da importância de tomar sol  em horário adequado sem o uso do protetor solar. Como este post ficou enorme eu vou deixar outras importantes informações para vocês nos próximos dias sobre a vitamina D e seus benefícios, e se você é portador de EM  saberá mais sobre este tratamento, sobre o grupo dos vitaminados que conheci através do facebook! 
     E para finalizar: eu não tenho Esclerose Lateral Amiotrófica e nem Esclerose Múltipla, após ouvir duas médicas foi diagnosticado Tremor Familiar Benigno. Para meu alívio e de todos na família! É uma doença que não tem cura, há remédios que ajudam a controlar os tremores. Isso não me preocupa agora, pois meus tremores somente eu percebo. Se ela evoluir daqui algum tempo, serei medicada. Eu quero mais é ser feliz hoje, pensar somente no agora! Pena foi ter precisado um susto desse para pensar sobre o que tenho feito com o meu tempo.
     Grande beijo!




     
   

11 comentários:

Karine Borges . disse...

Nossa Claudia! Sei bem o que é sofrer por antecedência! Graças a Deus foi só um susto teu! Concordo com você, temos que pensar mais no presente que Deus nos deu e deixar um pouquinho de pensar no futuro, afinal, sem um bom presente não haverá um bom futuro! Recentemente perdi um tio por causa da Esclerose, é muito triste você ver uma pessoa alegre, ativa, super divertida ir aos poucos se debilitando. Mas Deus sabe o que faz! Adorei o post e o alerta!

Abraços e saudades!

simone soares disse...

é bem por ai... mas tem coisas q precisamos nos assustar para repensar a vida... até q ponto.... obrigada por compartilhar sua experiencia....

Nívea Araújo disse...

Uau...este post me fez refletir também...obrigada...
Deixo um grande abraço e até breve

Alen Ferreira disse...

Adorei seu cantinho, parabens :)
Seguindo aqui, depois aparece lá no meu para dá uma visitadinha, vou adorar.

http://loveyourhope.blogspot.com.br/

xoxo=*

Daniela de Paula disse...

que loucura, que susto! fico feliz em saber que é menos preocupante do que você imaginava.

Boa saúde, boa sorte!

Fabi disse...

Grças a Deus o susto passou.. Tb sei como é sofrer por antecedência...Principalmente quando temos filhos...a sensação de não poder vê-los crescer é aterrorizante... Mas como vc disse o importante é ser feliz e aproveitar o tempo que temos e desfrutar da nossa felicidade..Pena que é preciso esses sustos para nos darmos em pisar um pouco no freio e aproveitar a vida! Felicidades para vc sempre! Beijos

Margaret disse...

Olhe claudia, meu post de hoje fala bem sobre sofrer por antecedencia.
Sabe que voce poderia ter feito todos estes questionamentos sem sofrer tanto?
E na minha familia todo mundo treme um pouco... Heranca de meu pai mas nunca fui atras ver o que era.
Gracas a Deus que nao eh esclerose ne?
Beijinho pra tu

Regina Landucci disse...

Graças a Deus não foi nada do que você pesquisou, mas o sofrer por antecipação, não é exclusividade sua amiga, pode ter certeza disso. Fico feliz de que vc já sabe do que se trata, vai se cuidar e dar mais valor ao que vc deveria estar deixando de lado.
Um grande beijo cor de rosa em seu coração e acredite, tudo vai mudar, no tempo de Deus, só ele pode tudo!

Lana disse...

Claudia
parece que estou me vendo, exatamente o que aconteceu comigo estes dias atras, tive uma cólica renal e depois que passou, meu urologista me pediu uma tomografia para detectar onde estava a pedra, mas para minha surpresa não achou pedra nenhuma, mas um ¨pinçamento de uma das veias do intestino¨ e lógico, era feriado prolongado, tempo suficiente para pesquisa na internet, onde fiquei quase louca, com as possíveis doenças, até um enorme câncer já tinha sido visualizado pela minha cabeça, resumindo,procurei outros profissionais, que me tranquilizaram e me falaram em ¨defeito de fábrica¨e apareceu por acaso na tomografia...então, para que sofrer por antecipação?
graças a Deus também no seu caso não é nada grave.beijos. Lana

Danny Lembrancinhas disse...

Oi Claudia, adorei os seus trabalhos e sei bem o que é sofrer por antecedência. Algum tempo atrás descobri que tenho um problema de visão que com tratamento não é nada grave, mas antes de fazer o exame fui pesquisar na internet sobre o assunto e quase morri pensando que ficaria cega. Hoje conto com humor o que me aconteceu, mas depois disso nunca mais fui atrás de nada disto na internet; o melhor é sempre acreditar em Deus em primeiro lugar e confirmar nos médicos que tentarão sempre ser profissionais e corretos. Passando o susto é isto que devemos levar de lição.
Parabéns pelos trabalhos e que bom que não é nada de muito grave. Sucesso e saúde sempre.
Danny Lembrancinhas
hrrp://dannylembrancinhas.blogspot.com

Anônimo disse...

Olá,
Graças a Deus não é o que vc pensava.
Eu tb passei por uma situação assustadora no início do ano de 2012 e o pior, a médica (deratologista) que me atendeu me deixou muito mais insegura e assustada. Depois de esperar dois meses para fazer um exame, foi constatado que não era nada grave. Mas tb caí na tentação de pesquisar no google e minha vida ficou meio que suspensa...Foi um alívio quando descobri que não era nada. Mas isso nos dá um ânimo danado para a vida, não é?
Boa sorte e bons trabalhos.
Rose